Informativo

Prof.ª Elizabeth Fontes é vencedora do Prêmio de Pesquisa Básica Marcos Luiz dos Mares Guia

A professora Elizabeth Pacheco Batista Fontes, do Departamento de Bioquímica e Biologia Molecular, foi a vencedora do Prêmio de Pesquisa Básica Marcos Luiz dos Mares Guia, na categoria “pesquisador”, pelo trabalho Novos mecanismos de imunidade antiviral e respostas adaptativas a estresses fisiológicos em plantas. A informação foi divulgada pela Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig), cujo presidente, o ex-reitor da UFV Evaldo Ferreira Vilela, estará no campus Viçosa, no dia 2 de setembro, para comunicar oficialmente a premiação, que acontecerá em outubro.

Também foram agraciados com o prêmio Matheus Puggina de Freitas, da Universidade Federal da Lavras, na categoria Jovem Pesquisador; José Barbosa dos Santos, da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, e Daniele da Glória de Souza, da Universidade Federal de Minas Gerais, que receberão Menção Honrosa.

Para a professora Elizabeth, é uma honra receber este reconhecimento pelos seus esforços para a elucidação dos mecanismos moleculares por meio dos quais as plantas respondem e se adaptam às adversidades do meio ambiente – assunto, inclusive, já publicado pela Revista Nature. Ela ressalta a iniciativa da Fapemig em destacar o desenvolvimento da pesquisa básica em Minas Gerais, indo além de sua missão principal de fomentar a pesquisa e inovação no estado: “além de demonstrar um apoio genuíno à ciência básica, esta ação da Fapemig demonstra o entendimento de que a pesquisa científica pode ter um impacto positivo no futuro, uma vez que, por meio dela, reconhecemos rotineiramente melhorias na qualidade de nossas vidas”.

Segundo a Fapemig, a escolha dos agraciados foi realizada por uma comissão de pesquisadores, que definiu os selecionados com base na relevância da pesquisa e em critérios de desenvolvimento, considerando os benefícios para a sociedade e sua contribuição para o avanço da ciência. Vale lembrar que, em 2015, o Prêmio foi concedido ao Departamento de Fitotecnia da UFV pelacontribuições para o desenvolvimento de variedades de plantas usadas como biocombustíveis.

O prêmio
De acordo com o site da Fapemig, Marcos Luiz dos Mares Guia foi um dos mais importantes pesquisadores da área de biotecnologia do Brasil, sendo responsável pela descoberta da insulina humana recombinante. Nascido em 1935, em Santa Bárbara (MG), foi um dos envolvidos na criação da primeira empresa capaz de fabricar enzimas no país, dando um importante passo para a geração de inovação no estado. Escolhido como patrono do prêmio, Mares Guia foi professor do Departamento de Bioquímica e Imunologia do Instituto de Ciências Biológicas da UFMG e é considerado um dos maiores colaboradores da ciência brasileira.

Criado em 2008, pelo governo de Minas Gerais, a primeira edição do prêmio aconteceu no ano seguinte, em ambas as categorias. A partir de 2010, a edição passou a cumprir o revezamento entre as modalidades. Desde então, o prêmio é concedido a pesquisadores mineiros em anos pares e a instituições/empresas em anos ímpares. A premiação considera como pesquisa básica os estudos que buscam compreender a natureza e aumentar o conhecimento humano. Geradas a partir da identificação de necessidades da sociedade, tais pesquisas partem de problemas existentes para criar soluções capazes de trazer soluções para o dia a dia das pessoas. 

 

(Divisão de Jornalismo da UFV)

Prof.ª Elizabeth Fontes do Laboratório de Biologia Molecular de Plantas do Bioagro

Prof.ª Elizabeth Fontes do Laboratório de Biologia Molecular de Plantas do Bioagro

Endereço

Universidade Federal de Viçosa (UFV) Campus Viçosa
Instituto de Biotecnologia Aplicada à Agropecuária (Bioagro)
Av. Ph Rolfs, s/n – Viçosa/MG
CEP: 36570-900

Equipe de Desenvolvimento Web/UFV - 2014 - Mantido com Wordpress